Customer Scanning Process At A Banking Agency

  IJETT-book-cover  International Journal of Engineering Trends and Technology (IJETT)          
  
© 2019 by IJETT Journal
Volume-67 Issue-11
Year of Publication : 2019
Authors : Rafael Mendes Araujo, Tiago Nazaré Bittencourt, João Vitor Machado Mariquito, Lethícia de Almeida Garcia Silva
  10.14445/22315381/IJETT-V67I11P208

MLA 

MLA Style: Rafael Mendes Araujo, Tiago Nazaré Bittencourt, João Vitor Machado Mariquito, Lethícia de Almeida Garcia Silva  "Customer Scanning Process At A Banking Agency" International Journal of Engineering Trends and Technology 67.11 (2019):45-49.

APA Style: Rafael Mendes Araujo, Tiago Nazaré Bittencourt, João Vitor Machado Mariquito, Lethícia de Almeida Garcia Silva. Customer Scanning Process At A Banking Agency  International Journal of Engineering Trends and Technology, 67(11),45-49.

Abstract
Over the years, technology has been exponentially advancing and it is necessary to adapt to this new scenario. The present scientific production objective to be in identifying the customers of the target bank in the study who did not join the scanning process that this institution has been implementing, and mapping the reasons that motivate these customers not to join the online service facilities provided by the institution. Were analysed various information collected through questionnaires applied to customers of this institution, in the inner of Minas Gerais, Brazil. For the mapped difficulties, solutions have been proposed to minimize them and reverse the negative numbers of customers who have not yet adhered to digital services.

Reference

[1] Kiehl, Luiz Fernando. O tamanho da amostra na pesquisa de mercado. Acesso em 03 de Novembro de 2019. Disponível emhttp://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0034- 75901970000400010&script=sci_arttext
[2] FINTECHS E BANCOS TRADICIONAIS: PARCERIA OU COMPETIÇÃO. Acesso em 28 de Outubro de 2019. Disponível em: https://www.facet.br/gc/artigos/completo.php?artigo=129&f ormato=pdf
[3] Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa. CRITÉRIO BRASIL 2019. Acesso em 25 de Outubro de 2019. Disponível em: http://www.abep.org/criterio-brasil
[4] Survey Monkey. Acesso em 07 de Outubro de 2019. Disponível em: https://pt.surveymonkey.com/
[5] Justiça do Brasil. Acesso em 20 de Outubro de 2019. Disponível em: https://coad.jusbrasil.com.br/noticias/417309817/bancosestimulam- migracao-de-clientes-para-atendimento-digital. Acesso em 18/03/2019
[6] Itaú Unibanco Disponível em: https://portalcorp.itauunibanco/ sites/institucinal/pt/acontecenoitauunibanco
[7] SALGADO, Lucas Moraes Teixeira. Mobile Banking no contexto das estratégias de Bancarização no Brasil. Trabalho de conclusão de curso de especialização em economia. UNICAMP: Campinas, 2011.
[8] SEGER, Cândida. Canais Alternativos de resistência, Confiabilidade e segurança na percepção dos clientes pessoa física da agência de Dom Feliciano. Trabalho de conclusão de curso de pós-graduação. Rio Grande do Sul: UFRGS, 2007.
[9] FEBRABAN – Federação Brasileira de Bancos. Pesquisa FEBRABAN de tecnologia bancária 2017. Acesso em 08 de Abril de 2019. Disponível em: https://portal.febraban.org.br/#.
[10] GOMES, Denis Ferreira. Resistência ao uso dos canais alternativos de atendimento: um estudo em uma agência bancária 2013. Acesso em 05 de Abril de 2019. Disponível em: http://fapam.web797.kinghost.net/admin/monografiasnupe/a rquivos/10042014213349Denis_F_Gomes.pdf.
[11] SILVA, Jessica. Autoatendimento bancário: Inovações tecnológicas e a resistência na utilização dos canais eletrônica. Acesso em 05 de Abril de 2019. Disponível em: https://reciprocidade.emnuvens.com.br/novapedagogia/articl e/view/468/404.

Keywords
Mobile Banking, Resistance, Financial Institution, Scanning, Customers